Esse ano, a comemoração da Páscoa será diferente para muitas famílias. Não será possível reunir os familiares, como é comum, e desfrutar da presença de todos enquanto saboreiam o cardápio de Páscoa e os chocolates típicos da data. A festa pode ser reduzida em tamanho, mas a harmonia e a celebração da vida ocorrerá mesmo à distância.
Por isso, aos pacientes renais que fazem o consumo de peixe na Sexta-Feira Santa e na Páscoa e não abrem mão de comer um chocolate nesta época, trazemos algumas dicas.
A primeira é relacionada ao consumo de peixes. O principal tipo consumido durante essa época é o bacalhau, bem como atum, salmão, sardinha, e outras espécies. Eles possuem alta concentração de fósforo, e por conta disso, sugerimos que haja um controle no consumo desses pratos, para não exceder os níveis do mineral no organismo*.
Outra dúvida é em relação ao chocolate. É um alimento sim rico em fósforo e potássio, mas se o paciente está com todos os exames em dia, ele pode consumir moderadamente. Nas clínicas do INEB Brasília, por exemplo, os pacientes receberam como presente ovos de chocolate meio amargo, que tem uma concentração maior de cacau e menos açúcar. Desta forma, poderão apreciar o doce que marca a data, sem prejudicar a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *