Diante da pandemia do COVID-19 (coronavírus) no Brasil e no mundo, o INEB segue todas as orientações da Organização Mundial da Saúde para garantir a segurança de seus pacientes e colaboradores.
Por conta disso, reunimos informações fundamentais para prevenir a transmissão e como agir caso os sintomas surjam. Confira:

Transmissão
O COVID-19 (coronavírus) é uma infecção respiratória contagiosa causada pelo vírus SARS-COV-2. O contágio pode ocorrer por meio de gotículas de saliva liberadas por uma pessoa doente por meio do espirro ou tosse, por exemplo. Sabe-se que essas gotículas podem alcançar uma pessoa saudável a até dois metros.
Outra forma de contrair a doença é ter contato (aperto de mão, por exemplo) com pessoas ou objetos contaminados, como usar o mesmo copo e talheres, tocar em maçanetas, interruptores, botões de elevadores e computadores e depois tocar o rosto, olhos, boca e nariz.

Sintomas
Os sintomas, como febre, tosse e falta de ar, podem aparecer em média 5 dias após o contágio. Se ocorrer, deve-se buscar atendimento médico e fazer repouso, tomando os cuidados necessários, como evitar contato com outras pessoas e usar máscara.

Prevenção
Para se prevenir, algumas ações são básicas, como higiene das mãos com água e sabão e álcool em gel; não compartilhar artigos pessoais, como talheres e copos; evitar contato físico pessoas doentes, evitar aperto de mãos ou beijos e não tocar seus olhos, nariz e boca.

Clique nas imagens e saiba mais sobre 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *