Receber o diagnóstico de doença renal crônica não é algo muito fácil. E, logo após a notícia, vêm os questionamentos sobre a vida, o tratamento e o futuro. Muitos lidam com essas dúvidas de forma mais otimista, enquanto outros possuem maior dificuldade em aceitar a nova realidade.

Por conta disso, é importante entender que um tratamento eficaz de um paciente renal está muito além de realizar a hemodiálise ou diálise peritoneal e filtrar o sangue de todas as impurezas.

Está em garantir que o paciente ficará disposto para mais um dia de tratamento, que ele terá coragem e força para enfrentar cada um dos desafios e que conseguirá se relacionar com seus amigos e familiares. E, com certeza, tudo isso é promovido quando o auxílio psicoterápico faz parte do tratamento oferecido pela clínica de nefrologia.

De acordo com a psicóloga do INEB Leslie Figueiredo, quando o paciente realiza a psicoterapia individual ou em grupo, ele fica mais fortalecido, aumentando diretamente sua autoestima e bem-estar. Além disso, houve quadros de depressão e ansiedade que foram amenizados por conta das sessões, permitindo que os pacientes vivessem uma vida normal, apesar de suas limitações renais.

“Há depoimentos de pacientes que transformaram sua forma de lidar com a doença e que hoje conseguem encarar o problema com mais serenidade. Eles ficam mais abertos para falar de suas angústias, passo primordial para enfrentar a doença”, finaliza a psicóloga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *